Marcos Junior dispara contra Vuaden: ‘Todo mundo viu que não foi pênalti’

Goleiro Diego Cavalieri, mais calmo, prefere enaltecer a vantagem do Fluminense

Divulgação

O Fluminense derrotou o Palmeiras por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, e saiu em vantagem na semifinal da Copa do Brasil. Mesmo com a vitória tricolor, o atacante Marcos Junior, ficou irritado com o árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden. Segundo o camisa 35 das Laranjeiras, não foi pênalti de Gum sobre Zé Roberto no segundo tempo.

– Todo mundo viu que não foi pênalti. Mas ainda temos o segundo jogo e vamos tentar buscar a nossa classificação em São Paulo – esbravejou o jogador do Fluminense.

Com a cabeça mais fria e usando de sua experiência, o goleiro Diego Cavalieri preferiu não comentar sobre a arbitragem e apenas reforçou a vantagem que o Fluminense para a partida no Allianz Arena, em São Paulo, na próxima quarta-feira, dia 28.

– Gol fora de casa é importante. O Palmeiras joga por um gol agora lá. Mas tivemos uma vitória importante, jogamos com equilíbrio e controlamos a partida. Todos de parabéns, pois é um rival difícil. Demos o primeiro passo e está tudo aberto – salientou.

Para avançar à final da Copa do Brasil e enfrentar São Paulo ou Santos, o Fluminense joga por empate ou derrota, mas a partir de 3 a 2. Caso o Palmeiras devolva o placar de 2 a 1, a vaga na decisão acontece nas penalidades máximas.

[[GAL:LANPGL20151022_0001]] 

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...