Conteúdo por Gazeta Esportiva

Medina, Ítalo e Felipinho avançam na abertura de J-Bay

Ainda era madrugada no Brasil quando as boas notícias do surfe vindas da África do Sul começaram a chegar. Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo iniciaram bem sua caminhada em Jeffreys Bay e venceram a primeira bateria realizada na manhã desta terça-feira.

Medina (oitavo colocado no ranking) somou 12,03 (7,33 e 4,70 como melhores ondas) e superou o francês Joan Duru (10,57) e Frederico Morais (9,00), que agora precisará disputar a repescagem. O bicampeão mundial se classificou direto para a terceira rodada.

Ítalo (sexto colocado no ranking) também passou direto para a terceira rodada: venceu com folga a segunda bateria, com um total de 14,43 (6,50 e 7,93), acima do australiano Soli Bailey (10,67), que também avançou. Fechando a raia, o paranaense Peterson Crisanto (10,34) terá de disputar a repescagem.

Já Filipinho fechou a sexta bateria tranquilamente em cima do australiano Adrian Buchan e do sul-africano Michael February: fez 17,60 (9,10 e 8,50 como melhores ondas) e bateu Buchan (11,70) e February (12,83) com tranquilidade. Ele é o terceiro colocado e virtual vice-líder do Mundial, visto que John John Florence teve uma lesão e fará uma cirurgia, que pode tirá-lo do restante da temporada.

Além deles, Adriano de Souza (Mineirinho), Caio Ibelli e Yago Dora terminaram suas batalhas em segundo e também passaram de fase, enquanto Jessé Mendes foi para a repescagem – mais quatro brasileiros disputam em J-Bay, casos de Deivid Silva, Jadson André, Willian Cardoso e Michael Rodrigues.

Surfe