Conteúdo por Gazeta Esportiva

Menor tempo de recuperação para o clássico preocupa Tiago Nunes

Às 19 horas (de Brasília) deste sábado, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o Corinthians entra em campo para enfrentar o São Paulo, no Estádio do Morumbi. O menor tempo de descanso em relação ao rival é um dos aspectos considerados pelo técnico Tiago Nunes.

“Estamos sofrendo ainda nesse momento, porque, diferentemente do São Paulo, que teve toda uma semana de recuperação, focado exclusivamente na partida, nós jogamos. Agora, depois da meia-noite, já é quinta e os jogadores ainda nem foram dormir”, disse o treinador após o jogo contra o Guaraní, em Itaquera.

Derrotado por 1 a 0 no Paraguai, o Corinthians saiu na frente por meio de Luan e Boselli ainda no primeiro tempo, apesar da expulsão de Pedrinho. Na etapa complementar, o Guaraní diminuiu com gol de falta marcado por Fernandez e avançou.

“Precisamos ter cuidado de recuperar. Sim, enxergo uma possibilidade de grande jogo no sábado, mesmo com pouco tempo para recuperação. Ao mesmo tempo, sabemos que vamos ter que nos fortalecer muito, porque é um jogo duro, que tem representatividade e todo mundo deve estar inteiro fisicamente”, afirmou Tiago Nunes.

Embora tenha fracassado na tentativa de alcançar a fase de grupos da Copa Libertadores, o treinador sublinhou que o Corinthians venceu a partida contra o Guaraní. Assim como Boselli, ele colocou o clássico como uma chance de redenção.

“Todo jogo é uma oportunidade, independentemente da magnitude. Eu gosto de reiterar que saímos desclassificados, mas não derrotados. Vencemos o jogo, mesmo com um a menos desde o primeiro tempo”, afirmou Tiago Nunes, que manifestou apoio publicamente ao expulso Pedrinho.

Futebol