Messi brilha em jogo de dez gols, e Barcelona assume liderança do Espanhol

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Em uma noite de chuva de gols no Camp Nou, o Barcelona goleou o Huesca por 8 a 2 e tomou do arquirrival Real Madrid a liderança do Campeonato Espanhol após três rodadas disputadas.

Messi foi o nome do jogo, com dois gols e duas assistências. Pulido (contra), Suárez (dois), Dembelé, Rakitic e Alba também marcaram para os catalães, enquanto Hernández e Gallar anotaram para os visitantes.

Com o resultado, o Barça soma os mesmos nove pontos do Real, mas fica em primeiro pelo saldo de gols. O Huesca tem quatro e está na parte intermediária da tabela.

Como o próximo final de semana é de data-Fifa, o Barcelona só volta a jogar por La Liga no dia 15 de setembro, um sábado, quando visita a Real Sociedad. Um dia antes, o Huesca recebe o Rayo Vallecano.

O técnico Ernesto Valverde escalou Philippe Coutinho como titular. O camisa 7 teve bastante espaço e boa participação no ataque. Não marcou, mas deu assistência para o sexto gol, de Messi. Já Arthur entrou aos 30 minutos do segundo tempo, no lugar de Busquets. Malcom ficou no banco de reservas.

Recém-promovido à elite, o Huesca surpreendeu o Camp Nou ao marcar logo aos dois minutos de jogo com Hernández, aproveitando desvio de Longo. Mas Messi tratou de deixar tudo igual aos 15 com um golaço, dando um corte desconcertante na marcação antes de bater cruzado.

O Barcelona manteve a pressão e virou o jogo aos 23, quando Pulido tentou cortar cruzamento de Alba, mas jogou contra as próprias redes. Já aos 39, o lateral espanhol voltou a aparecer bem e serviu Luis Suárez, que completou no primeiro pau e fez seu primeiro gol na temporada. A arbitragem chegou a ver impedimento na jogada, mas validou o lance após consulta ao VAR.

O Huesca ainda descontou no primeiro tempo, com gol de Gallar. O jogo seguiu aberto na etapa final, mas o Barça foi letal. Logo aos 3 minutos, Dembelé recebeu de Suárez e chutou sem chances para o goleiro. Aos 6, Messi deu belo passe para Rakitic, que também não desperdiçou.

O Barcelona seguia sem piedade. Aos 14, Coutinho deu ótimo passe em profundidade para Messi, e o argentino só tirou do goleiro. Alba ampliou aos 36, após passe do argentino. Já nos acréscimos, Werner cometeu pênalti em Suárez, e o próprio uruguaio fechou o placar.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...