Conteúdo por Gazeta Esportiva

Mestre e aprendiz: a relação de Dani Alves e Igor Vinícius no São Paulo

Daniel Alves chegou ao São Paulo cercado de grandes expectativas, mas não é só dentro de campo que o capitão da Seleção Brasileira vem fazendo a diferença. Fora dele, o ex-jogador do Barcelona, Juventus e Paris Saint-Germain vem sendo uma espécie de mestre para Igor Vinícius, jovem de apenas 22 anos que vem aproveitando seu período de empréstimo no Tricolor para crescer com os conselhos de seu ídolo.

“Ele é meu ídolo. Então, estou tentando aprender o máximo possível. Espero aprender ainda mais. Como estamos aqui juntos, no dia a dia, trabalhando, aproveito para ouvir os conselhos. Procuro aprender o máximo possível”, disse Igor Vinícius.

Antes do clássico contra o Santos, no Morumbi, Daniel Alves esteve no vestiário e deu algumas dicas para Igor Vinícius, que tinha a tarefa de marcar Soteldo, um dos principais jogadores da equipe que é líder do Campeonato Brasileiro. Após a vitória por 3 a 2 sobre o Peixe, o jovem lateral-direito foi considerado um dos melhores jogadores em campo, deixando para trás os problemas na fase defensiva que chegou a apresentar em algumas oportunidades.

“Acredito que o Igor é um jogador muito promissor, tem muita disposição, defende muito bem essa posição e é sempre um privilégio jogar com um jogador ambicioso, que aspira chegar no mais alto nível do futebol mundial”, afirmou Daniel Alves.

“Está sendo uma troca muito bacana, espero aportar muitas coisas para ele. Ele joga em uma posição que joguei por muitos anos, estamos sempre conversando, trocando experiências nesse aspecto”, completou o Good Crazy.

Pertencente ao Ituano, Igor Vinícius chamou a atenção do São Paulo jogando a Série B do ano passado pela Ponte Preta. O jogador desembarcou no Morumbi no início do ano por empréstimo válido até dezembro e tem a missão de convencer a diretoria de que vale a pena o investimento para tê-lo em definitivo.

Para o duelo com o Vasco, no próximo domingo, em São Januário, a tendência é que Igor Vinícius volte para o banco de reservas, uma vez que Juanfran foi poupado pelo técnico Cuca, entrando apenas nos minutos finais da vitória sobre o Athletico-PR, e possivelmente voltará a figurar entre os 11 iniciais no Rio de Janeiro.

Futebol