Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ministra de Israel agradece Corinthians por homenagem no uniforme

O Ministério da Cultura e Esporte de Israel enviou uma carta de agradecimento ao Corinthians, nesta quinta-feira, após o Alvinegro utilizar um uniforme especial na vitória contra o Fortaleza, contendo a estrela amarela de Davi. O detalhe fez parte de uma campanha para relembrar a Noite dos Cristais – 9 de novembro de 1938 – que marca o início da perseguição do Nazismo aos judeus.

Em texto direcionado ao presidente corintiano Andrés Sanchez, a ministra Miri Regev enalteceu o ato do clube brasileiro, afirmando que: “Essa campanha, realizada por vocês, estabelece um grande exemplo, promovendo a crença que o esporte pode e deve gerar unidade e solidariedade entre os povos”.

Além da camisa, uma exposição chamada “Sobreviventes do Holocausto” foi montada no átrio da Arena Corinthians na última quarta-feira, antes do jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Parte dos uniformes do confronto serão leiloados e o dinheiro revertido para o Memorial do Holocausto, no Bom Retiro, zona central de São Paulo. A outra parte ficará exposta em uma ativação temporária no estádio corintiano.

(Foto: Reprodução)

Confira a tradução da carta na integra:

“Prezado Senhor (Andrés Sanchez)

Em nome do Estado de Israel e eu mesma, gostaria de elogiá-lo pela inspirada decisão do seu time de vestir, nesta semana, a estrela amarela de Davi em suas camisa, como aquela que os nossos irmãos e irmãs judeus eram forçados a carregar pelos nazistas. Você escolheu começar esse ato de boa vontade e solidariedade em uma data muito especial, comemoramo o horrível massacre contra os judeus, conhecido como Kristallnacht, a “Noite dos Cristais”, que aconteceu na Alemanha Nazista há exatos 81 anos atrás.

Essa campanha, realizada por vocês, estabelece um grande exemplo, promovendo a crença que o esporte pode e deve gerar unidade e solidariedade entre os povos.

Eu fiquei muito tocada por sua iniciativa e queria mostrar a minha apreciação.

Eu espero que muitos adotem sua emocionante campanha contra a negação do Holocausto, o ódio, preconceito, racismo e antissemitismo.

Todo o melhor tanto para você quanto para seu clube.

Atenciosamente,

Miri Regev”.

Futebol