Conteúdo por Gazeta Esportiva

Moisés diz que derrota para o Guarani serve como alerta ao Palmeiras

A derrota por 2 a 1 para o Guarani, em amistoso na noite desta segunda-feira, em Campinas, serve como um sinal de alerta ao Palmeiras. A afirmação é do meio-campista Moisés, para quem o foco total deve ser direcionado para o primeiro compromisso oficial do time após a pausa para a disputa da Copa América.

“É um time que tem um sistema bem definido e é difícil de tomar gols. Hoje, aconteceu. É preparação e serve até de alerta para nossa volta”, disse Moisés, em entrevista ao canal TNT.

“Nunca gostamos de tomar gol nem perder, mas isso faz parte de uma preparação. O importante é voltarmos com tudo na quarta-feira e manter o ritmo em que estávamos”, acrescentou, em referência ao duelo com o Internacional, no Allianz Parque, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Para Moisés, o fim de uma invencibilidade de 15 jogos não implica em mudanças na forma de atuar do Palmeiras, que lidera o Campeonato Brasileiro com 25 pontos, cinco a mais que o Santos, segundo colocado.

“Não tem mágica. Vi antes da parada todo o mundo falando que iria melhorar, que faria isso e aquilo. Não tem muita coisa a se fazer. É você descansar e recuperar, porque o desgaste foi muito grande no começo. Nós fizemos isso”, disse, minimizando o período de recesso.

“Depois, você retoma o trabalho que já vinha sendo feito, de força física, de preparação física e também tática. Se estávamos no caminho certo, não tem porque mudar. É só trabalhar um pouco mais, aprimorar uma situação ou outra, mas não tem nenhum segredo”, concluiu.

Futebol