Montillo busca tirar responsabilidade dos jovens e pede vitória contra jejum

Sem vencer nos últimos três jogos do Brasileirão, Glorioso estaciona no meio da tabela e argentino quer time próximo dos líderes. Meia também lembrou do número de jovens

Montillo desperdiçou grande oportunidade de gol no segundo tempo contra o Coxa (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
Montillo desperdiçou grande oportunidade de gol no segundo tempo contra o Coxa (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

O momento do Botafogo no Brasileirão não é dos melhores. Sem vencer nos últimos três jogos, a equipe de Jair Ventura estacionou no meio da tabela da competição após o 2 a 2, em casa, contra o Coritiba. E Montillo – que entrou no segundo tempo e desperdiçou ótima chance, com grande defesa de Wilson – lembrou da importância de vencer logo e tirar o peso das costas do elenco.

– Temos um grupo com muitos garotos, mas não temos que colocar essa responsabilidade neles. Dois jogos sem vencer, está faltando algo, mas não é entrega. Temos que ganhar para não nos distanciarmos dos lideres – afirmou o meia argentino na saída do Estádio Nilton Santos.

Como Montillo ainda não está 100% e Camilo segue com o Departamento Médico do Botafogo, João Paulo tem atuado na armação alvinegra nos últimos jogos. O argentino amentou a ausência do camisa 10 alvinegro nas partidas.

– Ninguém quer se machucar. Tenho certeza que o Camilo está triste. O esporte é assim. Lesões chegam quando você não espera – completou Montillo.

Agora, o Botafogo volta a campo na quarta-feira que vem, às 19h30, contra o Vitória-BA, no Barradão. O time soma oito pontos em seis rodadas disputadas no Brasileirão, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas no momento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...