Conteúdo por Gazeta Esportiva

Morumbi se despede da Copa América com rendas milionárias e baixo público

Atualizado

A vitória da Colômbia por 1 a 0 sobre o Catar na última quarta-feira encerrou a participação do Morumbi na Copa América 2019. O estádio do São Paulo, reformado para receber o torneio, registrou rendas milionárias, mas que não significaram arquibancadas cheias nos três jogos que recebeu.

A primeira partida foi justamente a abertura da competição, em 14 de junho, quando 46.342 torcedores acompanharam a vitória da Seleção Brasileira por 3 a 0 sobre a Bolívia. Depois, no dia 17, 23.253 pessoas viram o bicampeão Chile golear o Japão por 4 a 0.

Média de público ficou abaixo da metade da capacidade do Morumbi (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Na despedida do estádio, os colombianos garantiram sua classificação às quartas de final diante de 22.079 pagantes. A média de público, portanto, ficou em 30.558 pessoas por jogo.

O número representa menos da metade da capacidade do Morumbi, que comporta 66.795 torcedores, segundo o site do São Paulo. Mas o caso não se restringe à casa tricolor. No último final de semana, a Arena Grêmio (Peru x Venezuela) e o Maracanã (Paraguai x Catar) registraram públicos ainda piores – 13.370 e 19.162 pagantes, respectivamente.

A baixa ocupação do Morumbi tem ligação direta com o valor médio dos ingressos – R$ 355,00. Com bilhetes tão caros, o jogo de estreia no torneio registrou o recorde de renda da história do futebol brasileiro, com R$ 22.476.630,00. No duelo entre Chile e Japão, o valor arrecadado foi de R$ 4.705.020,00, ao passo que Colômbia x Catar resultou em R$ 5.385.300,00 de renda – total de R$ 32.566.950,00 e média de R$ 10.855.650,00.

Para receber a Copa América, o Morumbi passou por uma série de melhorias: os vestiários foram reformados, a iluminação trocada, um novo túnel de acesso ao gramado criado, dois modernos telões instalados e a potência da internet aumentada. Um dos telões, porém, apresentou problemas no jogo entre Chile e Japão, mas voltou a funcionar normalmente na última quarta-feira.

Com a despedida do Morumbi, a Arena Corinthians passa a ser a sede de São Paulo na Copa América. O estádio alvinegro recebe o próximo jogo da Seleção Brasileira, neste sábado, contra o Peru, além de um jogo das quartas de final e a disputa do terceiro lugar.

Copa América