Conteúdo por Gazeta Esportiva

Na economia, Japão e Catar são os campeões da Copa América de 2019

Atualizado

Os convidados Japão e Catar podem até já estarem eliminados da Copa América de 2019, mas no quesito economia, são campeões. De acordo com pesquisa feita pelo setor de Economia Aplicada do FGV IBRE, japoneses e catarianos são os melhores no ranking econômico das seleções que participam do torneio e em PIB per capita, respectivamente.

Os números integram o levantamento conduzido por Marcel Balassiano. “Ano passado, o Japão apresentou um PIB de US$ 4.972 bilhões. Em seguida, aparece o Brasil, com US$ 1.868 bilhões. Já a Bolívia, última colocada nesse ranking, registrou um PIB de US$ 41 bilhões”, apontou o pesquisador sênior da área de Economia Aplicada do FGV IBRE.

O Brasil, país sede do torneio, também fica de fora do lugar mais alto do pódio no quesito PIB per capita. O líder do quesito é o Catar. “O PIB per capita do país asiático é de US$ 116 mil, seguido do Japão (US$ 39,3 mil). O Brasil ocupa a sexta posição nessa classificação (US$ 14,4 mil), ficando atrás de Chile, Uruguai e Argentina. A Bolívia também amarga a lanterna na competição PIB per capita”, afirmou Balassiano.

Ainda de acordo com o economista, é importante ressaltar que o Catar é líder na estatística em função do PIB elevado por conta do petróleo e da pequena população no país – 2,7 milhões de pessoas.

Copa América