Conteúdo por Gazeta Esportiva

Na véspera do Derby, organizada do Palmeiras protesta na porta do CT

Atualizado

Alguns integrantes da principal torcida organizada do Palmeiras, a Mancha Alvi Verde, foram até a porta da Academia de Futebol neste sábado para protestar contra a diretoria do clube e o técnico Felipão. Dentro do Centro de Treinamento, Scolari comandou o último treino da equipe antes do clássico contra o Corinthians, neste domingo às 19h (horário de Brasília), fora de casa, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Dezenas de torcedores organizados levaram faixas com frases de ordem contra os comandantes do Verdão e pressionando o elenco por um bom resultado no Derby. Em um dos panos os torcedores afirmaram “Clássico vale vida”  e em outro indagaram “Felipão dono do Verdão?”.

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Em outra faixa os autores do protesto ainda escreveram “Ainda não morreu ninguém”, em alusão a fala de Felipão após eliminação do Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil frente ao Internacional. Os protestantes também entoaram: “Felipão, vai se f…, se não ganhar amanhã, é você quem vai morrer”.

No último dia 19 de julho, a organizada havia publicado carta em seu site oficial, com criticas a maneira com que o treinador do Palmeiras repercutiu a eliminação. “’Ninguém morreu. Não tem nada. Perdemos uma competição’. diz Luiz Felipe Scolari. Essas são as palavras e o pensamento do nosso treinador Luiz Felipe Scolari”, escreveu a Mancha.

“Felipão, estamos bem vivos e atentos à forma arrogante e prepotente que vem tratando o Palmeiras.

Não pode ouvir uma crítica que já dispara “não está feliz me manda embora. Não somos reféns de treinadores, jogadores, diretores e presidentes pois vocês passam e o torcedor fica. Atenção: se não aguenta pressão, saia. Não fique na ameaça!”, seguiu a publicação.

O Palmeiras é o 2º colocado do Brasileirão com 27 pontos, dois atrás líder Santos que joga também neste domingo, às 11h (horário de Brasília), contra o Goiás na Vila Belmiro. Caso a equipe da Baixada Santista não vença, o Alviverde pode retomar a liderança com uma vitória simples no clássico.

Futebol