Conteúdo por Gazeta Esportiva

“Não cuspo no prato que comi”, diz Vagner Love sobre Palmeiras

Vagner Love pregou respeito ao Palmeiras antes do clássico deste domingo, em Itaquera, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante se disse “totalmente corintiano” atualmente, mas agradeceu ao Verdão pela oportunidade de ter se tornado jogador profissional, ido à Europa e chegado à Seleção Brasileira.

“Eu sou muito grato por ter começado no Palmeiras, por ter chegado ao futebol profissional jogando lá, só que já passou. Hoje vivo outra história, meu coração é totalmente corintiano. Não cuspo no prato que comi, porque lá foi onde eu pude ir para fora do País, conquistar títulos, Seleção Brasileira, mas hoje eu estou muito feliz de estar no Corinthians, vivendo essa fase, de ter sido campeão brasileiro em 2015”, afirmou.

Em grande fase, Vagner Love deve começar o Derby de domingo entre os titulares, apesar da sombra de Mauro Boselli. O Corinthians terá apenas um treino antes de encarar o Palmeiras depois de vencer o Montevideo Wanderers, do Uruguai, nesta quinta-feira, mas aposta na superação e no fato de o elenco já conhecer o modelo de jogo proposto para levar a melhor sobre o rival alviverde.

“É um jogo especial para todos nós, é um clássico, todo mundo quer estar ali, disfrutando desse momento, e eu não penso diferente. Vou procurar fazer meu melhor para que o Corinthians consiga os três pontos e saia vitorioso desse clássico”, completou.

Já em relação ao fato de ter balançado as redes duas vezes no Uruguai e ter sido o grande destaque do Corinthians nesta quinta-feira, contra o modesto Montevideo Wanderers, Love não escondeu a felicidade de poder corresponder às expectativas da comissão técnica e seguir ganhando pontos com Carille.

“A gente fica feliz quando consegue cumprir o que o treinador pede, é o que vem acontecendo, o Fábio e a comissão pedem algumas coisas e ficamos contentes em ver a evolução, em realizar as coisas da melhor maneira possível. O grupo está entendendo aquilo que o professor está pedindo para gente, isso faz com que os resultados venham”, finalizou.

Futebol