Conteúdo por Gazeta Esportiva

Nelson Mufarrej reitera que Botafogo não vai jogar na segunda

O Botafogo se pronunciou nesta quarta-feira, após o prefeito Marcelo Crivella determinar a liberação do retorno do Campeonato Carioca. O presidente Nelson Mufarrej afirmou que tem buscado um entendimento para que os alvinegros não joguem nos dias determinados pela Ferj.

“O Botafogo sai daqui esperando e tentando a conciliação. O clube não está desrespeitando nada, respeita as vidas, dos jogadores, funcionários, familiares e de toda a população do mundo. Essa pandemia nos deixa em uma situação muito difícil, não sabemos sobre a curva, se agora está dando um declínio. A posição do prefeito é muito salutar”, disse Mufarrej.

A última vez que o Botafogo entrou em campo foi no dia 15 de março

Botafoguense, o prefeito recomendou que a Ferj entre em acordo com os clubes para que não haja W.O. nesta reta final de Campeonato Carioca. “Os jogos de Botafogo e Fluminense podem ser na primeira semana de julho. Falta tão pouco. Já imaginou a gente no coronavírus ver Botafogo e Fluminense perdendo por W.O.? Eu, como botafoguense, não iria gostar”, afirmou.

Mesmo após o pronunciamento, a Ferj não mudou de postura e confirmou os jogos de Botafogo e Fluminense para a próxima segunda-feira, dia 22 de junho.

Cinco jogadores testam positivo para covid

Na semana passada, todo o departamento de futebol do Botafogo realizou testes para detectar covid. Membro do Comitê Gestor do clube, Carlos Augusto Montenegro revelou que cinco jogadores tiveram resultado positivo para coronavírus.

“Cinco jogadores e falta resultados chegarem”, disse ao jornal o Globo. Montenegro destacou também que a volta aos treinos presenciais no Botafogo só vai acontecer a partir deste sábado. Os jogadores que testaram positivo estão assintomáticos e vão permanecer em quarentena.

Futebol