Ney Franco é o favorito para assumir a Chapecoense, que analisa Luxemburgo

Atualizado

Após a demissão de Claudinei Oliveira, no domingo, após a derrota em casa para o Joinville por 2 a 1, a Chapecoense corre para anunciar o nome do seu novo treinador. A diretoria do clube tem como filosofia não divulgar contratações antes da assinatura do acordo, mas especula-se que Ney Franco, ex-São Paulo e Goiás, está com situação encaminhada para assumir a equipe. No entanto, o nome de Vanderlei Luxemburgo também é ventilado.

Ney Frnaco é a bola da vez para assumir o comando da Chapecoense – Divulgação

Ney Franco tem 52 anos e está sem clube desde que deixou o Goiás no fim da temporada passada. O treinador tem ainda passagens por Flamengo, Botafogo, Coritiba, São Paulo, Vitória e Sport. Ele seria o nome preferido da diretoria para dar continuidade ao trabalho de Claudinei Oliveira. O treinador, porém, afirmou não ter sido procurado.

Apesar da preferência por Ney Franco, uma parte da diretoria, encabeçada pelo consultor estratégico José Carlos Brunoro, cogitou a possibilidade de buscar Luxemburgo. Ele tem buscado um recomeço de carreira e teria mostrado interesse em trabalhar na Chapecoense.

Brunoro tentou contratar Luxemburgo em sua passagem pelo Palmeiras entre 2013 e 2014. No entanto, a diretoria, na época comandada por Paulo Nobre, optou pelo argentino Ricardo Gareca.

Quem assumir o cargo, encontrará a Chapecoense na terceira colocação do Campeonato Catarinense com os mesmos 24 pontos do Avaí. O líder é o Figueirense, com 27. O próximo desafio será na quarta-feira, às 20h, diante do Tubarão, na Arena Condá.

Mais conteúdo sobre

Futebol