Conteúdo por Gazeta Esportiva

Neymar diz ser “alvo predileto” e critica imprensa

Na véspera de sua 100° partida com a camisa da Seleção Brasileira, Neymar concedeu uma entrevista na qual afirmou que sempre foi “um dos principais nomes” e um dos que “carregava tudo nas costas” na equipe. Rapidamente, o camisa 10 foi contestado pelas declarações, e agora decidiu rebater as críticas.

“Estou na Seleção há 10 anos. Sempre fui um dos principais nomes e um dos que carregava tudo nas costas. Nunca fugi disso. Sempre desempenhei meu papel muito bem na Seleção. Quando um atleta atinge um nível desse, é normal ter um tratamento diferente. No Barcelona, o Messi tem um tratamento diferente. É porque ele é mais bonito? Não. É por tudo que ele faz. Não digo só de mim, mas de todo mundo que mostra um futebol nesse nível. É normal no futebol, faz parte”, disse, à época.

Por meio de sua conta oficial no Instagram, portanto Alex Bernardo, assessor de Neymar, publicou um texto com declarações feitas pelo jogador, que fez questão de atacar a imprensa.

Ver essa foto no Instagram

“O que eu quis dizer e o que parte da imprensa – a turma dos que não querem entender – não admite é que tudo o que acontece de “ruim” na seleção brasileira nos últimos anos cai nas minhas costas. Mas já me acostumei com isso e sei que, enquanto estiver servindo a Seleção Brasileira, sou o alvo predileto. Não tenho a menor pretensão de “carregar a seleção nas costas”. Sei da minha importância, sei das minhas responsabilidades, mas nunca me vi nesse papel. Mas fica tranquilo, a maioria entendeu ! O recado foi pra alguns mal informados da “ imprensa” mesmo… rsrsrs E eu entendo que sempre, tudo o que eu falar, vão levar pro lado errado” – @neymarjr . Tomei a liberdade de reproduzir na íntegra o que o @neymarjr me falou quando compartilhei com ele a polêmica que se criou – SOMENTE NO BRASIL – sobre a declaração que ele deu na coletiva realizada na última quarta-feira (09/10). Fiquei espantado com a falta de compreensão (maldade) da maioria (não toda) da imprensa do Brasil. Até porque ele falou foi o óbvio. Ou alguém discorda ? Mas o que quero chamar atenção aqui é que os “formadores de opinião” precisam aprender a ouvir antes de sair falando besteiras. Ouvir e entender o que ouviram. É o básico !! Ele não disse que carrega a seleção nas costas… peguem o áudio e escutem. . . . #neymar #neymarjr #njr

Uma publicação compartilhada por Alex Bernardo (@alexbernardo_) em

“O que eu quis dizer e o que parte da imprensa – a turma dos que não quer entender – não admite é que tudo o que acontece de ‘ruim’ na seleção brasileira nos últimos anos cai nas minhas costas. Mas já me acostumei com isso e sei que, enquanto estiver servindo a seleção brasileira, sou o alvo predileto.

Não tenho a menor pretensão de ‘carregar a seleção nas costas’. Sei da minha importância, sei das minhas responsabilidades, mas nunca me vi nesse papel. Mas fico tranquilo. A maioria entendeu! O recado foi pra alguns mal informados da ‘imprensa’ mesmo… rsrsrs. E eu entendo que sempre, tudo o que eu falar, vão levar pro lado errado”, escreveu.

Neymar segue em Singapura, onde, neste domingo, às 9h (horário de Brasília), a Seleção Brasileira realiza amistoso diante da Nigéria. Durante o treinamento deste sábado, o camisa 10 foi deslocado de posição, e pode exercer a função de armador no duelo contra os africanos.

Futebol