Conteúdo por Gazeta Esportiva

Nos pênaltis, United vence o Milan e fica com o vice na Champions Cup

Na tarde deste sábado, Manchester United e Milan se enfrentaram na partida derradeira da International Champions Cup. Apesar da campanha ruim na competição, os italianos mostraram personalidade e dominaram o United na primeira etapa. Na volta do vestiário, Marco Giampaolo mexeu mal e abriu caminho para os ingleses perturbarem seu inexperiente setor defensivo. A equipe de Ole Gunnar Solskjaer não aproveitou as chances e o tempo regulamentar terminou 2 a 2. Nos pênaltis, enfim, os Reds não desperdiçaram nenhuma cobrança e conquistaram o vice-campeonato.

Os rossoneros começaram pressionando desde o primeiro minuto. Com o time inteiro no campo de ataque, foi a velocidade de Marcus Rashford que apareceu no contra ataque. O atacante recebeu na ponta, cortou dois zagueiros e contou com um desvio para inaugurar o marcador aos 14 minutos. A resposta veio logo em seguida. Suso recebeu na entrada da área e bateu colocado para vencer o goleiro De Gea.

Na etapa complementar, o banco do Milan foi colocado à prova e não correspondeu. Enquanto isso, as promessas do Old Trafford trocavam passes rápidos e chegavam com facilidade no gol de Pepe Reina. Em uma infelicidade, Lindelof fez um gol contra e o Manchester voltou a ficar atrás no placar. Porém, nada mudou. Faltando 15 minutos para terminar a partida, Jesse Lingard achou o fundo das redes pela primeira vez no torneio.

Nos pênaltis, David De Gea fez jus à sua fama e pegou a quinta cobrança. A responsabilidade caiu nas mãos da nova contratação, Daniel James. O jogador de 21 anos bateu forte e encerrou o confronto.

Futebol