Conteúdo por Gazeta Esportiva

Novo advogado de Najila acredita que vídeo não é decisivo para Caso Neymar

Atualizado

Nesta terça-feira, Najila Trindade compareceu à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. O novo advogado da modelo, Cosme Araújo Santos falou com os jornalistas presentes no local. Para o representante da mulher, o vídeo de aproximadamente sete minutos, que poderia comprovar o estupro não é tão importante.

“Entendo que não é de grande importância (o vídeo), porque existe um manancial de evidências e indícios. Evidentemente, quem vai decidir se haverá indiciamento ou eventual denúncia é o Ministério Público”, afirmou o defensor.

Outra grande polêmica do Caso Neymar é o celular ou o tablet em que estariam o vídeo completo, de aproximadamente sete minutos. Vale ressaltar que Danilo Garcia de Andrade, o ex-advogado de Najila abandonou o caso por não ter conseguido ter acesso ao material. Contudo, nem mesmo Cosme sabe o destino da gravação.

“O aparelho ficou no carro do ex-advogado, na casa que ela esteve, no dia que ela saiu daqui. Já tinha ficado antes de ela prestar o depoimento aqui. Ninguém sabe (se perdeu ou furtou), ficou na casa ou dentro do carro do ex-advogado. Depois que foi deixada em casa e depois disso não teve mais acesso, não consegue falar mais com o ex-advogado dela”, emendou.

Mesmo com a falta de provas da modelo, Cosme Araújo disse que Najila atraiu o atacante para revidar a agressão que havia sofrido no dia anterior. Por fim, o representante disse que a cliente é uma vítima.

“As lesões por si só provam. Foi o Neymar que mandou a foto para ela, não foi ela quem fez a foto. Nos sete minutos do vídeo nem ela lembra mais ou menos o que tinha. Só era mesmo depois daquela agressão que ela revidou as agressões do dia anterior. Ela atraiu ele para lá para dar o troco, que baiano é bicho duro todo mundo sabe, bateu, levou. Hoje ela veio aqui espontaneamente, porque eu como novo advogado dela tenho o interesse de mostrar de que ela é vítima e que ela não está sendo acusada de jeito nenhum”, finalizou o advogado.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Mais conteúdo sobre

Futebol