“O VAR complica do futebol brasileiro” critica o técnico do Avaí

Atualizado

O técnico Evando voltou a protestar contra a arbitragem após a derrota para o São Paulo, por 1 a 0, no estádio Morumbi. Tal qual o episódio na última quinta-feira (17), diante do Internacional, quando o Avaí perdeu um atleta por expulsão revisada pelo árbitro de vídeo no início da partida, neste domingo, o Leão da Ilha voltou a atuar quase 90 minutos com um a menos.

Arboleda sobe para fazer 1 a 0 para o São Paulo em vitória dosbre o Avaí Flávio Corvello/Estadão Conteúdo/ND

“O VAR complica o futebol brasileiro. O futebol é muito sério, a gente treina, trabalha duro para um jogo como esse aí, aí com um homem a menos, no futebol de hoje, é impossível superar”, argumentou Evando Camillato.

Leia mais

O treinador do Avaí, que desde que assumiu o time, soma três jogos e três derrotas, lembrou que o grupo tinha uma estratégia montada para o duelo. A intenção, segundo Evando, era esperar o ímpeto do São Paulo “baixar” e, aí sim, apostar em saídas rápidas. Com a expulsão, entretanto, a estratégia não foi posta em prática.

Para a próxima partida o treinador não poderá contar com Brenner, expulso. Ele se junta a uma legião de atletas entregues ao departamento médico. Igor Fernandes é o único da lista que reúne chance e esperança de estar a disposição.

O Avaí volta à Série A no próximo domingo (27), na Ressacada, em duelo contra o Palmeiras, às 18h. São sete jogos desde a última vitória e, quatro deles, sem sequer marcar gols.

Futebol