Orlando Scarpelli tem média superior a 5 mil pessoas e arranca elogios de Hemerson Maria

Atualizado

Torcida do Figueirense tem uma média superior a 5 mil pessoas por jogo – Flávio Tin/ND

O Figueirense conheceu, neste domingo (24), sua primeira derrota dentro de casa na temporada. Foi para o Joinville, 1 a 0. Além de amargar o primeiro revés no estadual, o Furacão do Estreito ainda perdeu a liderança do Catarinense 2019 para o seu maior rival, o Avaí, que ultrapassou pelo número de gols marcados. Nada disso, no entanto, abala a presença e a força do torcedor alvinegro no estádio Orlando Scarpelli. Com uma média superior a cinco mil pessoas por jogo, os adeptos foram elogiados pelo técnico Hemerson Maria depois de, apesar do tropeço, aplaudir o grupo de jogadores no apito final.

“Esse resgate do nosso torcedor que acredita na equipe. Vir e ficar até o final. Fazia tempo que eu não via esse comportamento da nossa torcida. Cantando, do começo ao fim, e incentivando os jogadores. Isso é um trabalho que está sendo feito, que está sendo construído”, exaltou o treinador, depois da partida válida pela 15ª rodada do Catarinense.

Segundo o boletim financeiro da partida, foram 5.629 presentes, o segundo maior público do Figueirense nessa temporada. O número só foi superado pelo público do clássico válido pelo primeiro turno, vitória alvinegra por 1 a 0 testemunhada por 12.542 torcedores. O menor público foi registrado na 12ª rodada, vitória sobre o Brusque, 2 a 0, onde 2.956 pessoas viram o duelo.

A média do Figueirense, dessa forma, supera a casa dos cinco mil: em sete jogos disputados, 5.147 torcedores foram registrados no bairro do Estreito. A tendência é que, nas fases finais, esse número aumente.

Reapresentação e semana de trabalho

O grupo de jogadores, que folgou nesta segunda-feira (25), se reapresenta nesta terça, às 15h, no CFT do Cambirela, em Palhoça. Os trabalhos visam o duelo contra o Hercílio Luz, no estádio Aníbal Costa, em Tubarão, no próximo domingo. Apesar da classificação confirmada, o grupo precisa vencer para seguir na disputa pela primeira posição ou, se for o caso, se manter no bloco de cima para ter o direito a decidir seus jogos em casa.

Hemerson Maria conta com o retorno de Matheus Destro, que cumpriu suspensão e volta ao time. Alemão Teixeira e Pereira, por outro lado, serão desfalques já que foram expulsos na derrota do último final de semana.

Futebol