Palmeiras e Santos fazem final dos maiores campeões nacionais

Verdão soma dez das principais taças já disputadas na história, enquanto que o Peixe tem nove. Alviverde quer o tri da Copa, e o Santos tenta o bicampeonato

Divulgação

LANCE!

São Paulo (SP)

Santos e Palmeiras fazem neste domingo, às 17h, na Vila Belmiro, um aperitivo da grande final da Copa do Brasil de 2015: só um esquenta para os jogos já marcados para os dias 25 de novembro e 2 de dezembro. A primeira decisão do torneio com um clássico paulista irá marcar o encontro entre os dois maiores campeões de competições nacionais na história. O Verdão pode manter a hegemonia neste ano ou ver o Peixe se igualar.

O Palmeiras soma dez dos principais títulos já disputados entre clubes brasileiros: quatro Campeonatos Brasileiros (1972, 73, 93 e 94), dois Robertos Gomes Pedrosa (1967 e 69), duas Taças Brasil (1960 e 67) e duas Copas do Brasil (1998 e 2012). O Peixe é o segundo na lista, com cinco Taças Brasil (1961, 62, 63, 64 e 65), dois Brasileiros (2002 e 2004), um Robertão (1968) e uma Copa do Brasil (2010).

O Corinthians, que caminha para seu sexto título de Campeonato Brasileiro, está encostando nos rivais, já que tem tudo para conquistar seu nono grande título. O Timão conquistou cinco Brasileiros (1990, 98, 99, 05 e 11) e três Copas do Brasil (1995, 02 e 09). O Flamengo já soma nove grande conquistas: seis Brasileiros (1980, 82, 83, 87, 92 e 09) e três Copas (1990, 06 e 13).

O Cruzeiro, atual bicampeão brasileiro, aumentou sua galeria nos últimos dois anos: três Brasileiros (2003, 13 e 14), uma Taça Brasil (1966) e quatro Copas do Brasil (1993, 96, 00 e 03): são oito taças. O São Paulo tem seis Campeonatos Brasileiros (1977, 86, 91, 06, 07 e 08).

O Palmeiras chega à sua quarta final na história da Copa do Brasil. Além dos dois títulos, o Verdão ficou com o vice em 1996. O Santos, campeão em 2010, disputa o título pela segunda vez. Marcelo Oliveira tem a chance de, enfim, levar a taça que já ficou muito próxima nos últimos anos. O técnico alviverde foi vice em 2011 e 12, pelo Coritiba, e no ano passado, pelo Cruzeiro, quando foi derrotado pelo Atlético-MG. Dorival Júnior, campeão com o Peixe na única conquista alvinegra de Copa, busca o bi em 2015.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...