Conteúdo por Gazeta Esportiva

Palmeiras não perde para o Bahia desde 2012, ano do rebaixamento

A última derrota do Palmeiras para o Bahia foi em 2012, com dois gols do centroavante Souza (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Buscando afastar a má fase depois dos maus resultados recentes, o Palmeiras recebe o Bahia neste domingo, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro. O retrospecto contra o rival deste final de semana é bom, e o que comprova é que o Verdão não perde para o Tricolor Baiano desde 2012.

Foi o ano da segunda queda do Palmeiras para a Série B e o clube já fazia campanha irregular no Brasileirão. Na ocasião, a partida foi disputada na Arena Barueri pela 12ª rodada a competição e o treinador era justamente Luiz Felipe Scolari, que hoje figura novamente no comando do clube.

O Palmeiras dominou a partida, construiu boas oportunidades, mas os erros nas finalizações das jogadas atrapalharam o time de Felipão. Por outro lado, o Bahia, que também vinha de campanha ruim na competição, aproveitou as suas chances nos pés do centroavante Souza, que anotou os dois gols da partida. Ambos foram marcados na segunda etapa. Aos 23, de pênalti, e aos 36.

Para aquela partida, Felipão escalou o Palmeiras com: Bruno; Artur, Wellington, Leandro Amaro e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, João Vitor (Barcos) e Daniel Carvalho (Maikon Leite); Mazinho e Obina (Patrik). Já o Bahia, treinador por Caio Júnior, falecido no acidente da Chapecoense, foi com: Marcelo Lomba; Gil (Diones), Danny Morais, Titi e Hélder; Fahel, Fabinho, Kleberson (Magno) e Zé Roberto; Ciro (Lulinha) e Souza.

Desde então, entretanto, o Palmeiras não perdeu mais para o Tricolor Baiano. Foram nove jogos entre os dois clubes, com cinco vitórias alviverdes e quatro empates. Foram sete partidas pelo Brasileirão e duas pela Copa do Brasil. Vale lembrar que, em 2013, o Verdão jogou a Série B, enquanto o Bahia esteve na divisão principal, e em 2015 e 2016 foi a vez do Esquadrão disputar a segunda divisão.

No duelo mais recente, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, as equipes ficaram no 1 a 1 na Arena Fonte Nova. Gilberto, atual artilheiro do Bahia, abriu o placar na primeira etapa e Felipe Melo empatou no segundo tempo.

Futebol