Para e pensa: Jorginho tem semana cheia para corrigir erros do Vasco

Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Depois do período sem jogos por conta da Copa do Mundo, o Vasco teve, logo de cara, uma sequência corrida no mês de julho. Em apenas treze dias, cinco jogos e um desgaste grande. Agora, pela frente, mais uma série de partidas complicadas e que podem mudar o rumo do clube no segundo semestre. Mas, pelo menos, Jorginho terá uma semana cheia para recuperar os atletas e traçar uma nova estratégia. O LANCE! analisa.

Neste momento, o Vasco está no meio da tabela – com dois jogos a menos – e ainda disputa a Sul-Americana. Na semana que vem, terá dois jogos difíceis pelo Brasileirão, contra São Paulo e Palmeiras, e a decisão contra a LDU em São Januário. Se tudo der certo, parte de cima da tabela e classificação; se der errado, eliminação e distância curta para a zona de rebaixamento. Os cinco dias (hoje até sábado) de treinos definirão os times que serão utilizados nos próximos jogos. E a chance de mudança na escalação é grande.

– Eu sou o responsável. Vamos analisar bem. Nossa equipe não pode desestabilizar. Uma equipe grande como o Vasco… – lamentou Jorginho após a goleada sofrida contra o Corinthians.

O desgaste físico e mental foi grande desde a Copa. Foram duas derrotas seguidas, contra LDU e Corinthians, uma eliminação na Copa do Brasil em casa, um empate cedido nos acréscimos em um clássico e uma vitória sofrida com um jogador a menos.

Depois de receber folga na segunda-feira, o elenco se reapresenta hoje no CT das Vargens e Jorginho pode ter novidades. Estreia de reforços, volta de suspensos e retorno de lesionados serão analisadas. Confira o que o treinador terá pela frente nos próximos dias

​RETORNOS E DESFALQUES
​Os laterais Rafael Galhardo e Lenon – que ainda nem estreou – perderam os últimos jogos por lesão. Provavelmente estarão disponíveis para domingo. Além deles, os meias Thiago Galhardo e Giovanni Augusto voltam ao time. O primeiro estava suspenso e o segundo não pôde jogar contra o Corinthians, dono de seu passe, por uma cláusula no contrato. Por outro lado, Jorginho não terá o zagueiro Breno na próxima partida.

ADVERSÁRIOS
No próximo domingo, o adversário é o vice-líder São Paulo, no Morumbi, com estádio lotado. Uma derrota pode deixar o clube no limite da zona de rebaixamento. Em seguida, na quinta-feira, dia 9, decisão contra a LDU precisando vencer por no mínimo dois gols de diferença em São Januário. Três dias depois, confronto contra o Palmeiras no Allianz Parque.

Mais conteúdo sobre

Esporte