Para quebrar tabu, Avaí tenta superar Cruzeiro em Uberlândia

Alexandro Albornoz/ND

Bruno (E) enfrenta o Cruzeiro neste sábado

Para superar o Cruzeiro pela primeira vez na história do Campeonato Brasileiro – duas derrotas e dois empates -, e voltar para Florianópolis com os três pontos, o técnico Alexandre Gallo, que conseguiu o efeito suspensivo e comandará o time à beira do campo, deverá retornar ao 3-6-1. O Avaí, que luta para sair da zona de rebaixamento, enfrenta a Raposa neste sábado, às 18h30, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG).

Com William, gripado, e Pedro Ken fora por questões contratuais, os meias Cleverson e Fabiano serão os encarregados de servir o atacante Rafael Coelho, que jogará mais isolado. Outra mudança de Gallo é a entrada de Acleisson no lugar de Diogo Orlando, por opção técnica.

Segundo o volante Acleisson, o segredo para bater a equipe mineira, que também vem de derrota na última rodada e está no meio tabela de classificação, é ter atenção durante os 90 minutos e não se contentar em ficar apenas atrás. “Precisamos marcar forte, ter atenção com todo o time deles, mas também sair para o jogo. Nosso grupo tem qualidade para vencer. A garra e determinação demonstradas contra o Corinthians devem servir de exemplo para conquistarmos a vitória e sair da zona de rebaixamento”, afirmou.

Esporte