Parado há 2 anos, Phelps conquistou o ouro olímpico em sua última braçada

Dono de 22 medalhas em Jogos Olímpicos, retorno do americano Michael Phelps às piscinas deve ocorrer em prova nos Estados Unidos, entre os dias 24 e 26 de abril

Incontestavelmente, Michael Phelps é um dos maiores esportistas olímpicos da história, se não o maior. Com um histórico de 22 medalhas, sendo 18 de ouro, o mundo se estarreceu quando ele, aos 26 anos, anunciou sua aposentadoria do esporte. Agora, Phelps está de volta.

Seu retorno é esperado no Grand Prix de Mesa Field, nos Estados Unidos, após 2 anos de inatividade. A competição acontece entre os dias 24 e 26 de abril e reunirá, além de Phelps, os também campeões olímpicos Ryan Lochte e Katie Ledecky.

Coincidentemente, em sua última prova, Phelps estendeu seu recorde olímpico. Há dois anos atrás, em Londres, o americano conquistou a medalha de ouro nos 100m borboleta, ao deixar para trás o sul-africano Chad Le Clos e o russo Evgeny Korotyshkin.

Nos Jogos de Londres, Phelps nadou em sete provas, conquistando quatro ouros e duas pratas. Na única prova em que não conseguiu medalhas, os 400m medley, viu seu compatriota Ryan Lochte conquistar o ouro, o brasileiro Thiago Pereira ficar com a prata e Kosuke Hagino, do Japão, terminar em terceiro. A medalha de bronze escapou de Phelps por apenas 36 milésimos.

Phelps nadou em três Jogos Olímpicos, conquistando 6 ouros e 2 bronzes em Atenas-2004, 8 ouros em Pequim-2008 e 4 ouros e 2 pratas em Londres-2012. Nas duas primeiras, o americano disputou oito provas e, na última, sete.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...