Pato desafia vaias para ser o redentor do São Paulo na Copa do Brasil

Atacante chega à semifinal contra o Santos respaldado por média de um gol por jogo no torneio nacional, mas sob desconfiança devido ao jejum de cinco partidas sem marcar

Divulgação

Boa parte das esperanças – e da pressão – da torcida do São Paulo no confronto contra o Santos na Copa do Brasil paira sobre Alexandre Pato. Queridinho de Juan Carlos Osorio e discreto sob o comando de Doriva, o atacante pode ajudar o Tricolor a alcançar a redenção nesta temporada se voltar a brilhar nesta quarta-feira, às 22h, no Morumbi.

Apesar de ter sido pouco participativo nos últimos cinco jogos, o camisa 11 conta com os números para respaldar tanta esperança em seu futebol. Para começar, basta lembrar dos 24 gols e das oito assistências na temporada, mas também é preciso observar o histórico do astro tricolor na Copa do Brasil.

Até esta semifinal contra o rival Santos, Pato disputou dez partidas do torneio pelo clube do Morumbi, com seis gols marcados e três assistências. Foram seis vitórias, duas derrotas e mais dois empates no período, que representa sua estreia com a camisa são-paulina (contra o CSA-AL no ano passado) e o maior vexame no clube: a eliminação em casa para o Bragantino em 2014.

Na edição deste ano, Pato está implacável. Marcou nos três primeiros jogos da equipe, incluindo a atuação de gala contra o Vasco da Gama no Morumbi. E até mesmo no último compromisso da competição, quando o Tricolor teve atuação fraca no empate em 1 a 1 contra os vascaínos, a marca do atacante foi registrada: assistência para Centurión balançar as redes.


FOTO: Ari Ferreira

Há, porém, fatores que pesam contra Alexandre Pato. Neste ano, o camisa 11 não fez gols em nenhum clássico e saiu vaiado do empate com o Vasco, pelo Brasileiro, no último domingo pela fraca atuação. Nada que preocupe o técnico Doriva em seu primeiro clássico no time.
– Ele é importante e com certeza vai crescer de rendimento. Vamos encorajá-lo. A oscilação acontece, mas ele é privilegiado – destacou.

E, claro, há ainda o fantasma do pênalti de cavadinha desperdiçado pelo Corinthians em 2013, que custou a eliminação para o Grêmio nas quartas de final da Copa do Brasil…

PATO NA COPA DO BRASIL

1×2 Ceará
O São Paulo perdeu em casa na estreia da Copa do Brasil, mas um golaço de Pato aos 22 minutos do 2 tempo manteve o time vivo nas oitavas.

Ceará 0x3
Rogério Ceni, de pênalti, e Thiago Mendes já haviam deixado o Tricolor mais calmo no Castelão quando Pato, aos 30 do 2 tempo, fez de voleio.

3×0 Vasco
O jogo de ida das quartas de final teve show de Alexandre Pato no Morumbi. O primeiro gol saiu aos 26 do 1 tempo com pancada de fora da área.

3×0 Vasco
A noite de gala de Pato foi concluída com lance de oportunismo dez minutos mais tarde: rebote de Martín Silva e gol de pé esquerdo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...