Conteúdo por Gazeta Esportiva

Pato não sai do banco novamente e escancara má fase no São Paulo

A fase do São Paulo está longe de ser das melhores. O time do Morumbi vem de duas derrotas consecutivas em casa e viu o Grêmio abrir quatro pontos de vantagem no G4. O jogador que melhor simboliza a queda de rendimento do Tricolor é Alexandre Pato, que não entrou em campo no último domingo, no revés contra o Athletico Paranaense.

Foi o terceiro jogo consecutivo no qual o atacante iniciou a partida no banco de reservas. Contra o Fluminense, Fernando Diniz optou pela entrada de Pato no intervalo, e o jogador pouco fez na segunda etapa do confronto. No entanto, contra Chapecoense e Athletico Paranaense, o camisa 7 sequer entrou em campo.

Pato não marca desde o dia 10 de agosto, contra o Santos, no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

Depois de atuar seis partidas consecutivas como titular, Pato foi para o banco depois de não apresentar bom desempenho em campo. Além de ter dificuldade para atuar como centroavante, sendo presa fácil para os zagueiros, o jogador não marcou nenhum gol.

Dessa forma, Diniz optou pela entrada de um centroavante com melhor porte físico para a posição. Contra a Chapecoense, Raniel foi o titular. Depois, Pablo recuperou-se de lesão no adutor da coxa esquerda e atuou na referência do ataque contra Fluminense e Athletico Paranaense. Ambos passaram em branco nas partidas em que atuaram.

Com o desfalque de Antony, que está suspenso e servirá a Seleção Olímpica, Diniz pode dar uma nova chance para Pato no clássico contra o Santos. O atacante poderia atuar na ponta-esquerda, deslocando Vitor Bueno para a direita. Toró e Calazans também estão na briga pela vaga no ataque.

Com o empate do último domingo, o São Paulo estacionou nos 52 pontos, na quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, a equipe terá pela frente o Santos, no sábado, às 17h, na Vila Belmiro.

Futebol