Paulo Victor fala em “dar a cara pra bater” no gol sofrido pelo Grêmio

(Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)
(Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

O empate de 1 a 1 entre Chapecoense e Grêmio pelo Brasileirão passou por uma situação onde a saída do gol feita pelo arqueiro Paulo Victor acabou proporcionando espaço para a finalização do volante Elicarlos.

Logo na saída do gramado, quando questionado a respeito do lance e de qual foi sua visão no momento para fazer o corte da bola que ia para a linha de fundo, o goleiro foi firme em seu posicionamento:

– A gente está ali e precisa tentar evitar. Muitas vezes o goleiro acaba ficando exposto e as pessoas, às vezes de fora, não entende. Mas a gente tem que se expôr, dar a cara pra bater, e eu tive que sair ali para tentar evitar o primeiro lance de gol.

Paulo Victor também avaliou o resultado como importante principalmente pela condição da escalação do Grêmio na noite desse domingo (29) contar com vários atletas considerados reservas e com menos ritmo de jogo:

– Um ponto importantíssimo diante de um time brigando pra sair da zona (de rebaixamento), veio pra cima da gente e a gente tem que lembrar sempre que o Grêmio veio com 11 jogadores que praticamente não vem jogando como titulares, é uma dificuldade muito grande. Eu não entrava em campo há quatro meses, fomos na base da superação. Temos que dar os parabéns a todos.

Mais conteúdo sobre

Esporte