Paulo Victor não abre mão do G4 e espera resposta rápida do Flamengo

Goleiro analisa oscilação e cobrança sobre o elenco rubro-negro na reta final da temporada

Divulgação

Dez dias de pausa no calendário não ajudaram o Flamengo a ganhar fôlego na briga por um lugar no G4 do Campeonato Brasileiro. A equipe sofreu logo duas derrotas que complicaram de vez a meta de voltar a disputar a Copa Libertadores em 2016. Mas, para o goleiro Paulo Victor, os tropeços para Figueirense, em Florianópolis-SC, e Internacional, no Maracanã, não podem eliminar a esperança do elenco rubro-negro.

– Primeiro, sabemos do que estamos fazendo em campo. Estamos sendo bastante cobrados, ainda mais com essa pausa de dez dias. Mas não temos que temer nada, pois faltam dez jogos pela frente. Temos que estar brigando lá em cima. São cinco pontos da Libertadores, mas, enquanto tiver um por cento de chance, estaremos brigando – disse.

O momento desfavorável contribui para intensificar a cobrança do torcedor. Como consequência, a descrença no elenco e o desânimo com a reta final da temporada são sentimentos inevitáveis. Entretanto, o goleiro projeta uma rápida resposta para os que esperam novos rumos na Gávea.

– Temos recebido essa cobrança do torcedor e da diretoria, e a gente tem que dar uma resposta para eles. Sabemos que a desconfiança existe por parte do torcedor, não internamente. Isso é natural. A cobrança é assim. O nosso elenco não é para estar no meio da tabela. Só que a gente sabe que futebol, às vezes, não é do jeito que queremos – declarou o arqueiro, que entende ser normal as oscilações sofridas pelas equipes no Brasileirão.

– Essa oscilação no Campeonato Brasileiro acontece. O Corinthians não teve e está na liderança. Tenho que proteger meu grupo, olhar para dentro de campo e parar de pensar em coisas ruins. Não estou dando justificativa, pois sabemos que podemos muito mais. Temos que entender que jogamos um campeonato muito equilibrado, em que o último ganha do primeiro – analisou.

Por falar em Corinthians, é justamente o líder do campeonato que cruzará o caminho rubro-negro na próxima rodada. E, para surpreender o melhor time do certame na casa do rival, a ordem é lembrar a força que carrega o outro lado da moeda.

– Sabemos que vamos jogar com uma excelente equipe, muito equilibrada, com excelentes jogadores. Só que eu jogo no Flamengo e não posso lamentar que vou pegar o Corinthians no Itaquerão – ressaltou Paulo Victor.

Em décimo lugar na tabela com 44 pontos e a cinco do G4, o Flamengo visita o Corinthians, no próximo domingo, às 17h, na Arena do clube paulista. Com o revés para o Inter, as chances de o Rubro-Negro disputar a Libertadores-2016 reduziram para 3%.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...