Conteúdo por Gazeta Esportiva

Peres admite que Sampaoli não aprovou Jobson no Santos: “Grande volante”

Sampaoli não indicou contratação de Jobson no Santos (Ivan Storti/SFC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, admitiu nesta sexta-feira que contratou Jobson do Red Bull Brasil sem o aval de Jorge Sampaoli.

O volante foi apresentado em abril e ainda não estreou. Ele entraria nos minutos finais do clássico contra o Palmeiras, na última quarta-feira, mas a arbitragem encerrou o jogo antes.

“O único dos 14 reforços que eu não falei diretamente com Sampaoli foi o Jobson. Falei com o auxiliar e me pediu um dia para conversar com o técnico. Foi uma oportunidade. É um grande volante, Sampaoli agora entende que pode estrear. Ia estrear e acabou (o clássico)”, disse Peres, à Energia 97 FM.

Sampaoli nega que não tenha utilizado até agora por conta da forma como Jobson foi contratado. O treinador elogiou o meio-campista em entrevista coletiva.

“Jobson tem um passe muito importante. É importante que seja à serviço da equipe. Tem técnica e tem que ser relacionada com nosso jogo. Uns adaptam rápido, outros não. Trabalhamos com ele para adiantar o tempo, depende dele. Todos estão na mesma situação. Ninguém imaginou Tailson, Pará e Jean Mota (titulares). Eu trato de ter um elenco sem equipe fixo, gerando concorrência o tempo todo e deixando todos preparados. Podemos aproveitar a técnica do Jobson e isso seria uma ajuda”, afirmou o argentino.

Destaque do Red Bull no Campeonato Paulista, Jobson tem 24 anos e contrato até 15 de abril de 2024.

Futebol