Piloto de Floripa estreia com vitória em categoria que “lançou” Fittipaldi e Piquet

Atualmente, a categoria é a mais barata e acessível do país, com carros monopostos que utilizam peças originais de fábrica

Apenas 46 milésimos de segundo deram ao catarinense Jeff Giassi a vitória na prova especial da Fórmula Vee, no sábado, em Piracicaba, na competição para novatos. O piloto de Florianópolis, de 21 anos, superou Diel Grande em uma chegada dramática no ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo). A prova marcou a primeira edição do FVee Selection, programa de treinamento e competição criado pela Fórmula Vee para formar e revelar novos talentos para o automobilismo nacional.

Jeff Giassi estreou com vitória em categoria mais acessível do automobilismo brasileiro - Claudio Larangeira/Divulgação FVee/ND
Jeff Giassi (de amarelo) estreou com vitória em categoria mais acessível do automobilismo brasileiro – Claudio Larangeira/Divulgação FVee/ND

“Foi uma vitória espetacular, uma grande emoção em minha primeira prova na Fórmula Vee”, disse Jeff Giassi. “Além do resultado, significou uma vitória pessoal na minha vida. Em casa, quando garoto, minha mãe não queria que eu corresse. Mas estou aqui, agora, após ter batalhado muito e concretizado este grande sonho. Espero agora poder seguir em frente em busca de novas vitórias.”
Apaixonado por automobilismo desde a infância, Jeff Giassi fez sua estreia na Fórmula Vee, categoria criada no Brasil na década de 1960 pelos irmãos Emerson e Wilsinho Fittipaldi. Além de Emerson, outro brasileiro campeão mundial de Fórmula 1 foi revelado na FVee: Nelson Piquet.

Atualmente, a categoria é a mais barata e acessível do país, com carros monopostos que utilizam peças originais de fábrica, como motor VW Fox 1.6, e chegam a atingir 208 km/h. Além de Piracicaba, há provas também em Interlagos, válidas pelo Campeonato Paulista.

Nesta estreia, o jovem catarinense largou em segundo, atrás do pole position Diel Grande. Mas logo na primeira curva Jeff Giassi assumiu a liderança. “Foi uma prova muito disputada. Brigamos pela liderança do começo ao fim. Na volta decisiva, entrei na última curva para o tudo ou nada, carros lado a lado e passando colocado no muro”, disse.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...