Escudo: Paraná
PAR Paraná
Escudo: Figueirense
FIG Figueirense
Estádio Durival de Britto - 19/10/2019 às 19h00

Figueirense bate o Paraná na estreia do técnico Pintado

O Figueirense bateu o Paraná, em Curitiba (PR), por 1 a 0 e voltou a vencer fora de casa nesta Série B. Foi a segunda oportunidade nesta competição em um jogo que marcou a estreia do técnico Pintado. Com o resultado o Furacão subiu para 31 e agora está a dois pontos de deixar o Z4.

Estreia de Pintado com o uniforme do Figueirense. Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo/ND

O jogo

O Figueirense de Pintado. Essa foi a credencial do Furacão no final da tarde, início da noite de sábado (19) no estádio Durival de Britto, no Paraná.

Embalado por três jogos de invencibilidade o Figueirense chegou com desafio e tanto: o time da casa, de olho no G4, apresentara um cartel de 14 jogos e apenas uma derrota diante do seu torcedor.

Dentro de campo o time de Pintado – com ou sem sua cara – mostrou uma postura agressiva. Antes dos 10’, inclusive, já pulara na frente do placar com o volante Betinho. Ele recebeu uma bola espirrada na meia-lua da grande área e resolveu arriscar, a bola resvalou no zagueiro Leandro Almeida e morreu no fundo da rede de Alison.

E o time visitante não parou por ai. Aproveitou o espaço deixado pelo Paraná e seguiu agredindo na primeira etapa. Não fosse pelo goleiro Alison ou por má pontaria, poderia ter virado a primeira etapa com uma vantagem considerável.

Betinho, artilheiro da noite, comemora o gol da vitória do Figueirense sobre o Paraná, pela Série B: Geraldo Bubniak/ESTADÃO CONTEÚDO/ND

A segunda etapa, no entanto, a situação engrossou. O técnico do Paraná sacou um volante e lançou Pimentinha, um atacante. O resultado foi uma pressão quase insustentável para o Figueirense.

O time da casa somou três finalizações na trave em intervalo de 12 minutos: Bruno Rodrigues, Judivan e Jenison, respectivamente, ficaram no quase. A torcida, que compareceu em bom número no Durival de Britto, lamentou muito.

A pressão, apesar de intensa, cedeu. O Figueirense conseguiu se fechar em suas linhas e o Paraná, mais cansado, passou a levantar bolas na área.

Apesar de todo o clima de “terror” nos últimos instantes, o Figueirense se segurou e finalmente voltou a comemorar uma vitória longe de Florianópolis.

Próxima parada

O Figueirense volta ao campeonato no próximo sábado (26), em clássico com o Criciúma, dentro do estádio Orlando Scarpelli. Já o Paraná abre a rodada bem antes, na quarta-feira (16), contra o Sport, na Ilha do Retiro.

Ficha técnica

Paraná Clube: Alison; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio (Pimentinha), Fernando Neto e Bruno Rodrigues (Alesson); Jhemerson (João Pedro), Judivan e Jenison. Técnico: Matheus Costa.

Figueirense: Guilherme Pegorari; Luis Ricardo, Alemão, Ruan Renato e Conrado; Pereira, Betinho (Kauê) e Fellipe Mateus; Jefferson Renan, Rafael Marques (Mamute) e Breno (Everton Santos). Técnico: Pintado.

Gol: Betinho (7/1T)

Cartões amarelos: Bruno Rodrigues (PAR); Luis Ricardo, Mamute (FIG)

Arbitragem: Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM); auxiliado por Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM) e Marcos Santos Vieira (AM).

Local: estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR). Data: 19/10/19.

Lances da partida

Futebol