Portuguesa consegue liminar na Justiça Comum

Decisão pede a devolução dos pontos retirados pelo STJD da Lusa no fim do ano passado, pela escalação irregular do meia Héverton. CBF pode pagar multa de R$ 500 mil por dia

A Portuguesa conseguiu uma vitória na Justiça Comum nesta quarta-feira. Segundo o site da ESPN, o  juiz Miguel Ferrari Junior, da 43ª Vara Cível de São Paulo, concedeu uma liminar pedindo a suspensão da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que retirou três pontos do clube do Canindé pela escalação irregular do meia Héverton, na última rodada do Brasileirão. Com isso, a Lusa acabou rebaixada à Série B.

Apesar dos rumores de que o presidente Ilídico Lico teria desistido de recorrer da decisão fora do âmbito esportivo, o clube entrou na Justiça nesta terça-feira.

Na decisão proferida pelo juiz, com a tutela de urgência, há o pedido de devolução dos pontos por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que estará sujeita a pagar 500 mil reais diários caso não cumpra o pedido até o início do Campeonato Brasileiro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...