Conteúdo por Gazeta Esportiva

Preocupado com funcionários, Neuer apoia redução de salários dos jogadores do Bayern

Jogadores do Bayern de Munique aceitaram redução salarial durante crise do coronavírus

Além de paralisar as atividades futebolísticas por todo mundo, o coronavírus trouxe incertezas em relação à saúde financeira dos clubes. Para ultrapassarem a crise que virá pela frente, as equipes pensam nas melhores soluções, visando minimizar os prejuízos.

Capitão do Bayern de Munique, Manuel Neuer mostra-se favorável à redução dos salários pagos aos jogadores nesse período. O goleiro acredita ser necessário pensar na situação de todos os funcionários do clube.

“Os jogadores de futebol formam um grupo de profissionais especialmente privilegiados, por isso é evidente que temos que aceitar uma redução salarial quando for necessária. O Bayern de Munique tem cerca de mil empregados e muitos outros ligados indiretamente, em tarefas importantes. Queremos ajudá-los com esse gesto”, afirmou à imprensa alemã nesta quarta-feira.

Depois de reuniões com o presidente e os direitos de futebol, os jogadores do Bayern de Munique aceitaram uma redução salarial em 20% para o elenco e membros do departamento do futebol. A decisão exclui os funcionários de outras áreas do clube.

Até o momento, foram disputadas 25 rodadas do Campeonato Alemão. O Bayen lidera a competição com 55 pontos somados, seguido pelo Borussia Dortmund, que já conquistou 51 pontos.

Futebol