Conteúdo por Gazeta Esportiva

Presidente do Fluminense afirma que não pode barrar saída de Pedro

Centroavante Pedro é alvo do Flamengo (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

A situação do atacante Pedro continua indefinida. O interesse do Flamengo no artilheiro perturbou o ambiente no Tricolor das Laranjeiras e nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, o presidente Mário Bittencourt disse que o Fluminense deseja manter Pedro, mas que nada poderá fazer se o atacante decidir deixar o clube e se transferir para o Flamengo, desde que o Rubro-negro pague a multa rescisória.

Bittencourt explicou que a única possibilidade de Pedro deixar o Tricolor é se o atacante manifestar o desejo de sair e for pago o valor integral da multa. “Se o Flamengo pagar a multa integral e o jogador quiser ir, é uma questão legal, não há como o clube impedir”, afirmou.

O presidente do Fluminense fez questão de desmentir um possível aliciamento do atacante por parte da direção do Flamengo. Ele afirmou que a proposta da equipe da Gávea foi enviada diretamente ao Fluminense, sem passar antes pelo jogador. E disse que a diretoria rubro-negra tem uma relação de cordialidade com o Fluminense, estreitada pela administração conjunta do Maracanã. “O Flamengo fez, no direito dele, a proposta pelo Pedro. Esta é a realidade”, declarou.

Mário Bittencourt disse que Pedro não chegou a conversar com ninguém do Fluminense sobre qualquer proposta. Ele afirmou que nenhum clube do exterior fez proposta pelo atacante, mas que ele não venderia Pedro por um valor menor só para que ele não fosse para o Flamengo. E disse que não pensa na venda de Pedro como forma de amenizar os problemas financeiros do clube. “Temos outras possibilidades financeiras para sanar os problemas que a gente tem”, completou.

Mais conteúdo sobre

Futebol