Conteúdo por Gazeta Esportiva

Presidente do Sport se nega a responder sobre futuro de Guto Ferreira

Foto: Divulgação/Anderson Stevens/Sport

A eliminação na Copa do Brasil diante do Brusque foi um duro golpe para o Sport. E a pressão em relação ao futuro do técnico Guto Ferreira aumentou imediatamente no clube da capital pernambucana após a confirmação do revés no interior catarinense.

Questionado sobre o comandante, o presidente Milton Bivar desconversou sobre uma possível demissão em caso de derrota no clássico diante do Náutico, sábado, na Copa do Nordeste. “Não vou responder”, disse, em entrevista à Rádio Jornal.

Apesar dos questionamentos contra Guto Ferreira, o dirigente assumiu a culpa pela queda precoce na Copa do Brasil. Enérgico, o dirigente avisou que irá atuar dentro do clube para minimizar os efeitos da derrota.

“Fico triste da forma que saímos. Praticamente 80% dos jogadores não jogaram dentro do seu potencial”, lamentou Bivar, que também questionou o conjunto do Sport. “Achei o time um tanto quanto desarrumado”, emendou.

Futebol