Conteúdo por Gazeta Esportiva

Prestes a duelarem, Sampaoli e Roger voltam após bom 1º semestre

Jorge Sampaoli e Roger Machado chegaram ao Santos e ao Bahia, respectivamente, em 2019. Com poucos meses de trabalhos, os treinadores, cada um à sua maneira, conseguiram resultados expressivos e retomam a disputa do Campeonato Brasileiro após boa impressão nas primeiras nove rodadas.

Assumindo o Peixe no início do ano, o comandante argentino tem 35 jogos à frente do time, com 19 vitórias, oito empates e oito derrotas, marcando 54 gols e sofrendo 29. A equipe é a segunda colocada do Brasileirão com 20 pontos, cinco atrás do líder Palmeiras.

(Fotos: Ivan Storti/Santos FC e Felipe Oliveira/EC Bahia)

Sob o comando de Sampaoli, o Santos também foi eliminado de três competições: do Campeonato Paulista nas semifinais para o Corinthians, da Copa Sul-Americana ainda na primeira fase contra o River Plate-URU e da Copa do Brasil, nas oitavas de final contra o Atlético-MG.

Já Roger, assumiu o Bahia no inicio de abril, após demissão de Enderson Moreira. No comando do Tricolor de Aço, o técnico garantiu o titulo do Campeonato Baiano e levou o clube até as quartas de final da Copa do Brasil.

O comandante tem 17 jogos no clube, com nove vitórias, quatro empates e quatro derrotas, cerca de 60,7% de aproveitamento. O clube baiano também se manteve na primeira parte da tabela, com 14 pontos na 8ª colocação, um ponto atrás da zona de classificação para a Libertadores.

Futebol