Prestes a ser anunciado pelo Fla, Marcelo Moreno esteve perto de rival

Divulgação

O cenário de incertezas criado nos últimos três meses em relação ao futuro de Marcelo Moreno deverá ter um desfecho esta segunda-feira, com o Flamengo como novo clube do atacante. Neste período, entretanto, o boliviano esteve envolvido em negociações com um rival do Rubro-Negro e também com um clube do leste europeu.

Pouco depois de ser disponibilizado pelo Grêmio ao Palmeiras para os gaúchos acertarem parte do pagamento pela compra de Barcos, Moreno foi oferecido ao Botafogo em uma troca por Andrezinho.

Apesar de na época o próprio jogador garantir que não deixaria o Tricolor gaúcho, a comissão técnica de Vanderlei Luxemburgo já não contava com o atacante.

Ter Andrezinho no Grêmio, para os gaúchos, era uma maneira de deixar Moreno na vitrine em outro clube e, assim, minimizar um possível prejuízo relativo aos sete milhões de euros (R$ 18,9 milhões) investidos na aquisição do jogador. O Botafogo, porém, rechaçou.

Nessa mesma época, as polêmicas declarações do pai e então empresário de Moreno, Mauro Martins, dizendo que o atacante não jogaria em “clubes pequenos” como o Palmeiras, respingaram no jogador.

Foi então que o empresário Fabiano Farah, amigo do boliviano desde a época em que ele era do Shakhtar Donetsk (UCR), tentou encontrar um novo clube para o jogador.

O agente fez um contato com Roberto Carlos, cuja carreira foi empresariada por Farah, para sondar se o Anzhi (RUS), clube no qual o ex-lateral é dirigente, teria interesse.

As conversas, porém, não evoluíram, e Farah assumiu a condição de agente de Moreno, ficando responsável pelas negociações com o Flamengo depois que o clube procurou o Grêmio para fechar com o jogador.

Partes não revelam percentual de compra

Grêmio e Flamengo fazem mistério em relação ao valor dos direitos econômicos que poderá ser adquirido pelo clube carioca a partir de outubro. É certo que o Rubro-Negro usará uma dívida antiga dos gaúchos relativa ao ex-jogador Rodrigo Mendes. O débito é de aproximadamente R$ 8,5 milhões.

O Tricolor gaúcho não divulgou quanto deseja pelos 70% que pertencem ao clube. Portanto, não é possível definir se apenas o valor dessa dívida irá conseguir cobrir esse percentual e até mesmo os outros 30% que são do Shakhtar (UCR).

– A negociação está em fase final. Flamengo e Grêmio estão fazendo trocas de minutas de contratos. Está tudo muito bem adiantado – explicou o agente de Marcelo Moreno, Fabiano Farah.

A dívida do Grêmio com o Flamengo diz respeito a uma transferência do jogador feita pelo clube gaúcho que não repassou, na época, o percentual devido ao Rubro-Negro. No ano passado, 7,2% das rendas do Tricolor gaúcho como mandante foram penhoradas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...