Conteúdo por Gazeta Esportiva

Primeiro título mundial da Seleção Brasileira completa 61 anos

Há exatos 61 anos, a Seleção Brasileira consagrava-se campeã mundial de futebol pela primeira vez. Com gols de Vavá, Pelé, ambos duas vezes, e Zagallo, o time comandado por Vicente Feola derrotou a anfitriã Suécia por 5 a 2 na decisão da Copa do Mundo de 1958, no Estádio Rasunda, em Estocolmo, conquistando a inédita Taça Jules Rimet.

Naquela época, o torneio só contava com 16 países, divididos em quatro grupos, nos quais apenas os dois melhores colocados se classificavam ao mata-mata. Presente no Grupo 4, o Brasil avançou com a liderança ao derrotar Áustria e União Soviética, e empatar com a Inglaterra.

Nas quartas de final, a seleção canarinha contou com um gol solitário de Pelé, aos 17 anos na época, para eliminar País de Gales. Na semi, o maior jogador da história do futebol foi decisivo mais uma vez, balançou as redes três vezes e comandou o triunfo brasileiro para cima da França por 5 a 2. Vavá e Didi completaram o placar em favor dos sul-americanos.

CONFIRA O ESPECIAL DA GAZETA ESPORTIVA SOBRE OS 60 ANOS DO MUNDIAL DE 1958

Na grande decisão, o Brasil sofreu um susto logo aos quatro minutos, quando a Suécia abriu o placar com Liedholm. Coube a Vavá, então, dar tranquilidade ao time verde e amarelo, que jogava de azul na oportunidade, marcando duas vezes ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, Pelé fez mais dois, sendo um deles com uma lendária finalização de prima após chapelar o adversário, e Zagallo fechou a goleada brasileira por 5 a 2 no Estádio Rasunda, palco do primeiro caneco dos cinco que a Seleção conquistou ao longo das Copas do Mundo.

Brasil levantou a Taça Jules Rimet (Foto: Acervo CBF)

“Quando o sr. Maurice Guiguê assinalou o término do prelio Brasil e Suécia, com a espetacular vitória do time nacional, registrou-se um extraordinário bombardeio, com os cariocas festejando de modo incomum a grande conquista”, escreveu o jornal A Gazeta Esportiva, naquele 29 de junho de 1958.

Copa do Mundo