Promotor explica motivos que levaram o Ministério Público a pedir a interdição da Arena Joinville

A 2ª Vara da Fazenda Pública deferiu o pedido do Ministério Público e determinou a interdição da Arena Joinville. O presidente da Felej,  Fernando Krelling, explicou quais foram as medidas foram tomadas e quais mudanças ainda precisam ser feitas para atender as exigências da Justiça, no caso, a realização de alterações no projeto de prevenção de incêndios. Em entrevista ao vivo, o promotor do Ministério Público, Cristian de Oliveira, explica os motivos que levaram o PM a solicitar a interdição do estádio. Lembrando que, com interdição da Arena Joinville, JEC, que enfretaria a Portuguesa no próximo dia 18, na Arena, só poderá jogar no estádio se for sem torcida.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...