Conteúdo por Gazeta Esportiva

Promotora do caso Neymar diz que atleta “deu os esclarecimentos necessários”

Atualizado

Após primeiro depoimento de Neymar nesta quinta-feira, referente a acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade, na 6ª Delegacia da Mulher de São Paulo, o grupo de promotoras do Ministério Público que cuida do caso falou com a imprensa e relatou que as respostas dadas pelo jogador foram satisfatória e que o MP não deve convocar novos esclarecimentos, a não ser que sejam colhidas novas provas.

“Não posso falar sobre o teor do que foi tratado hoje nos esclarecimentos do Neymar, mas ele deu os esclarecimentos necessários, que vão ser analisados com as outras provas”, disse Flavia Merlini, uma das três promotoras que trabalham no caso.

“Ele foi ouvido e a partir de agora a Dra.Juliana Lopes Bussacos (delegada da 6ª DDM de São Paulo) vai proceder as outras dirigências que ela entende necessária até a conclusão do inquérito. Como o inquérito é sigiloso, não podemos divulgar quais serão as outras dirigências que a delegada vai proceder”, seguiu.

“Ele respondeu todas as perguntas de maneira satisfatória, não deixou dúvidas para o Ministério Público fazer outras perguntas de acordo com o que já tem prova produzida, a não ser que outras provas sejam colhidas”, explicou.

Questionada se acredita que o MP pedirá uma acareação, confrontação de duas ou mais testemunhas cujos depoimentos anteriores não foram suficientemente esclarecedores, a promotora acredita que não. “Até o momento acredito que não, mas como nós analisamos todas juntas pode ser que uma de nós entenda que sim e isso será decido por nós três conjuntamente”, disse.

Por fim, Flavia Merlin confirmou que Neymar negou a acusação e comunicou que não poderia responder se Neymar fez alguma declaração em relação ao suposto vídeo de sete minutos gravado por Najila em Paris.

Mais Esportes