Proposta por Everton Ribeiro era da Ucrânia e teve Kia como intermediário

Shakhtar Donetsk queria repassar percentual de Moreno ao Cruzeiro e ter desconto. Agente do meia esperava que clube fosse usado por Kia como ponte para Inglaterra

Divulgação

A oferta que o Cruzeiro recebeu na semana passada por Everton Ribeiro foi do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e foi levada até o clube por intermédio do empresário Kia Joorabchian. O valor de dez milhões de euros (R$ 32,1 milhões), na verdade, não seria pago de maneira integral e envolvia jogador na transação.

Os ucranianos propuseram repassar os 30% dos direitos econômicos do atacante Marcelo Moreno – emprestado ao Grêmio à Raposa este ano – aos mineiros como forma de abater do montante. Os outros 70% dos direitos do jogador estão divididos entre o Tricolor gaúcho e o Palmeiras.

Além de considerar a proposta financeira baixa, o Cruzeiro descartou incluir qualquer atleta no negócio.

O empresário de Everton Ribeiro divulgou na imprensa que havia um investidor inglês interessado no jogador. A expectativa do agente é de que Kia usasse o clube ucraniano como ponte para o meia atuar no futebol inglês posteriormente.

Parceiro do empresário brasileiro Giuliano Bertolucci, Joorabchian tem entrada no mercado da Inglaterra. Nos últimos anos, a dupla viabilizou as idas de David Luiz, Oscar, Ramires e Paulinho para a Premiere League.

Desde o ano passado, Bertolucci e Kia estreitaram a relação com o Shakhtar. Por meio dos dois empresários que o meia Bernard, ex-Atlético-MG, foi negociado com os ucranianos. Antes da Copa das Confederações, a dupla adquiriu 15% dos direitos econômicos da revelação do Galo.

O Cruzeiro é detentor de 60% dos direitos econômicos de Everton Ribeiro. Para adquirir tal percentual, o clube investiu R$ 4 milhões no início de 2013, quando contratou o meia após a venda de Montillo para o Santos, na época.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...