Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ramires tenta apagar más lembranças da torcida do Palmeiras com a camisa 18

O número que Ramires irá usar pelo Palmeiras só foi revelado em sua coletiva de apresentação, segunda-feira, na Academia de Futebol. A camisa 18 escolhida pelo meio-campista remete à sua participação na Copa do Mundo de 2014, com a Seleção Brasileira, mas traz más lembranças recentes aos torcedores alviverdes.

Guerra

(Foto: Djalma Vassão/GazetaPress)

Já em 2013, o número foi ostentado por Marcio Araújo. O volante, que hoje defende a Chapecoense, é um jogador quase folclórico para os torcedores palestrinos nos dias atuais. Ele ficou quatro anos no clube, fez 252 partidas e anotou sete gols.

Curiosamente, sua saída do Verdão, no início de 2014, aconteceu por vontade própria do atleta, que não aceitou o modelo de contrato por produtividade, então implementado pelo presidente Paulo Nobre como tentativa de conter gastos.

Mesmo se destacando pela entrega em campo e vigor físico Araújo viveu uma relação conturbada com a torcida do Palmeiras. Os palestrinos, inclusive, chegaram a criar um site chamado “Fora Araújo”, no qual havia um cronômetro com uma contagem regressiva para o fim do seu vínculo com o clube alviverde.

Mais conteúdo sobre

Futebol