Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ramiro não escolhe posição e Urso diz o que Coelho fez com o Corinthians

Quando saiu a escalação do Corinthians para o Derby deste sábado com Ramiro no lugar de Mateus Vital, a expectativa maior era pelo posicionamento aberto, pela ponta direita, do ex-gremista. Foi só a bola rolar para todos perceberem que, na verdade, Ramiro seria segundo homem de meio-campo, e Júnior Urso sim o homem mais aberto.

Substituído no segundo tempo, Ramiro evitou escolher posição para jogar.

“Sinceramente, quando tu (sic) fica muito tempo de fora, tu (sic) quer jogar, então, para mim, é indiferente, estou aqui para ajudar. Joguei muito tempo pelo lado, já joguei por dentro, como primeiro volante, em várias funções”, explicou.

Já Júnior Urso falou com prazer sobre as experiências de Dyego Coelho. E deixou claro que não vê muito segredo nas mudanças implementadas pelo técnico interino, sucessor de Fábio Carille e “tampão” até a chegada de Tiago Nunes.

“Creio que sim (Coelho recuperou o DNA ofensivo do Corinthians). Nos tranquilizou e simplesmente deixou a gente à vontade para jogar. Só temos de fazer isso com mais qualidade”, contou.

“A gente fica um pouco chateado pelo gol sofrido, mas não é nada fora do comum. Fizemos uma grande partida, é dar sequência agora, contra o Inter, jogo importante dentro da nossa casa”, conclui Urso.

Futebol