Conteúdo por Gazeta Esportiva

Reforço do Santos, Pará afirma que “está voltando para casa”

Pará comemorou o retorno à equipe da Vila Belmiro (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Anunciado pelo Santos, Pará retorna ao Peixe para sua segunda passagem, depois de jogar no clube entre 2008 e 2012. Em seu canal oficial, o Alvinegro Praiano publicou uma entrevista com o lateral-direito, que comemorou o acerto e afirmou estar “voltando para casa”.

“Estou voltando para minha casa. Uma casa onde me sinto bem. Uma casa que me acolheu muito bem quando saí do Santo André. Agradeço por mais uma oportunidade de estar vestindo essa camiseta tão consagrada no futebol brasileiro e mundial. Me sinto um atleta privilegiado por estar voltando para casa e espero dar muita alegria ao torcedor”, declarou Pará, que ainda apontou o Santos como o clube onde foi mais feliz na carreira.

O jogador de 33 anos também comentou o estilo de jogo ofensivo do Peixe, implementado por Jorge Sampaoli. “O Santos sempre jogou para frente, desde a minha época, com Neymar, Ganso e Wesley. Então era uma equipe que jogava sempre para frente, em busca dos resultados. E hoje não está sendo diferente. A gente estava acompanhando os jogos do Santos e estou muito contente pela forma que o time está jogando. Eu acredito que me enquadro bem nesse estilo de jogo e com certeza vou me adaptar ao estilo do Sampaoli”, afirmou.

Além disso, Pará também falou sobre a expectativa em relação à disputa do Brasileirão, liderado pelo Peixe. “Todo atleta tem metas e eu não sou diferente. Estou voltando para o Santos para conquistar títulos. E esse título do Campeonato Brasileiro é um que ainda falta na minha carreira, então vou procurar agarrar essa oportunidade com unhas e dentes”, completou o lateral-direito, que chega para suprir uma posição carente no elenco santista.

Na primeira passagem pelo Alvinegro Praiano, Pará disputou 184 partidas, com dois gols marcados. Pelo clube da Vila Belmiro, conquistou a Libertadores de 2011, a Copa do Brasil de 2010 e o bicampeonato Paulista, em 2010 e 2011.

Mais conteúdo sobre

Futebol