Renunciou! Presidente do Barcelona dá adeus ao cargo após polêmicas

Complicações com contratos de Neymar fazem Rosell sair do clube

Divulgação

Sandro Rosell não resistiu às polêmicas envolvendo a contratação de Neymar, e acabou pedindo a renúncia da presidência do Barcelona nesta quinta-feira. Durante o dia todo, o dirigente esteve em reuniões, primeiro com a alta cúpula do clube, e depois com os diretores. Para enfim, no fim da tarde, anunciar à imprensa.

Tudo isso é resultado das investigações que vão começar em relação aos contratos de Neymar. Rosell foi acusado de apropriação de verba indevida durante a operação de compra do craque, e teria declarado um valor bem menor que o real. A renúncia é uma forma de desvincular a imagem de um presidente do Barcelona às denúncias.

– Não posso deixar que ataques injustos manchem a imagem deste clube e de nossa gestão. Sofri ameaças e sofri calado. Apresento minha demissão em caráter irrevogável – declarou Rosell em pronunciamento que teve uma hora de atraso e transmissão ao vivo do LANCE!Net.

Além disso, a imprensa acredita que ele tenha se sentido desvalorizado após os esforços que fez. Como o pela contratação do craque, assim como a diminuição da dívida, e ainda assim conseguir manter o time.

VICE ASSUME

Sandro Rosell será substituído pelo até então vice-presidente esportivo, Josep Maria Bartomeu. Aos 50 anos, ele sempre foi o principal homem de confiança do agora ex-dirigente do Barcelona, e tinha poder direto em contratações, vendas e renovações de contrato.

Engenheiro e empresário, começou no Barça entre 2003 e 2005, cuidando do basquete. Mas ao lado de Rosell, saiu por ter discordâncias com o ex-presidente Joan Laporta, e voltou em 2010 na chapa de oposição. Deve ficar até 2016.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...