Rildo tem pena reduzida por lesão em João Paulo e só a cumprirá no Carioca

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Em sessão realizada no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) no início da noite desta quinta-feira, o atacante Rildo teve sua pena reduzida para cinco partidas a serem cumpridas somente no Campeonato Carioca de 2019.

Inicialmente o jogador do Vasco havia sido punido por 180 dias ou até que João Paulo, do Botafogo, retornasse aos gramados por conta de uma entrada que resultou numa fratura em duas partes da perna esquerda do meia alvinegro no clássico entre as equipes.

A decisão sobre a suspensão com maior tempo de gancho havia sido cancelada na última audiência sobre o tema, quando ficou acordado por esse novo julgamento.

Rildo poderá nem sequer cumprir a pena, uma vez que seu contrato com o Vasco é de um ano renovável por mais uma temporada. Caso se chegue a um acordo entre as partes pela não-renovação, o atacante estará “livre” da sentença, ao menos que retorne futuramente ao Cruzmaltino ou acerta com outro clube do Rio de Janeiro.

Apesar de ter sua pena reduzida, o atacante não anda numa maré muito boa. No mesmo clássico em que lesionou gravemente João Paulo, ele sofreu uma luxação no ombro esquerdo que o deixou de fora por um mês. Nesta quarta-feira, na goleada sofrida por 4 a 0 para o Cruzeiro pela Copa Libertadores, ele voltou a sentir a lesão e deverá ficar afastado por um longo tempo.

Na ocasião da contusão do jogador botafoguense, Rildo fez questão de visitar o meia no hospital e pedir desculpas pelo lance, ao qual garantiu não ter sido intencional.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...