Conteúdo por Gazeta Esportiva

Rueda não diminui importância de Chile x Argentina em disputa de 3º lugar

Argentina e Chile se enfrentam neste sábado, às 16h, na Arena Corinthians, com muito menos status do que os encontros anteriores. O duelo que foi final das últimas duas edições de Copa América (em 2015 e 2016), agora será protagonista apenas de uma disputa de terceiro lugar. Ainda assim, em coletiva nesta sexta-feira, o treinador Reinaldo Rueda, da seleção chilena, não diminuiu a importância do jogo.

“Sem dúvida que uma partida como esta, pela Copa América, é importante sim. É o fechamento do torneio, e foi gerado uma expectativa muito importante. Não terminaremos como queríamos, mas será um jogo muito interessante, contra um elenco muito estrelado. Falei sobre isso antes do treino. Terei todos os jogadores à disposição, exceto os que não estão bem fisicamente”, disse o técnico.

Em 2015, quando a Copa América foi realizada em solo chileno, os donos da casa encararam a Argentina na decisão e pela primeira consagraram-se campeões, na disputa de pênaltis. No ano seguinte, na Copa América Centenário, realizada nos Estados Unidos, o roteiro foi semelhante. Depois de um empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, o Chile se deu melhor novamente nos pênaltis sobre os argentinos. Rueda também comentou sobre a situação das duas seleções, agora em condições diferentes.

“É a dinâmica do futebol, a evolução das seleções que chegam em momentos diferentes. As duas seleções foram protagonistas das finais anteriores, e agora temos a Argentina que teve uma mudança depois da Copa do Mundo. São 14 novos jogadores em relação à Copa (de 2018), e o Chile tem poucas diferenças. Uma competitividade muito alta. Acho que cada um vai jogar o que sabe. Mais do que tudo será um jogo de muita intensidade”, completou.

Nesta Copa América, os chilenos, na primeira fase, classificaram-se em segundo lugar no Grupo C, com seis pontos. Nas quartas de final, teve um duelo duro e precisou dos pênaltis para avançar sobre a Colômbia. Nas semis, apesar do favoritismo contra os peruanos, a equipe de Rueda foi surpreendida e levou um acachapante 3 a 0. Resta agora apenas a disputa de terceiro lugar contra a Argentina.

Copa América