Conteúdo por Gazeta Esportiva

Sampaio Basquete vence quarta seguida e segue vice-líder da LBF

Vice-líder da LBF, o Sampaio Basquete derrotou o Ituano Basquete por 73 a 61 nesta quarta (19), devolvendo a derrota sofrida pela equipe paulista no primeiro turno e chegando a quatro vitórias seguidas. O triunfo contou com grande atuação de Tati Pacheco, cestinha do jogo com 20 pontos.

Pelo rubro-negro, Gabriela teve 14 pontos e Monica Nascimento terminou como a MVP da partida com um duplo-duplo de 12 pontos e 12 rebotes, 60% de aproveitamento e 26 de eficiência em 25 minutos na quadra.

Time devolveu derrota do primeiro turno (Foto: Matheus Marques/LBF)

As duas equipes voltarão a se enfrentar nas quartas de final, confronto já definido com os resultados desta quarta-feira, que confirmaram a classificação do Sampaio aos playoffs como segundo colocado e do Ituano Basquete na sétima posição. A Bolívia Querida terá vantagem de quadra na série melhor de três, cujas datas ainda serão definidas.

O Sampaio viaja a São Paulo para enfrentar na terça-feira (25), às 20h30 (de Brasília) o SESI Araraquara, no Gigantão. Com 17 jogos já realizados, o Ituano Basquete encerra sua participação na primeira fase na próxima quinta-feira (27), às 19h, em casa, contra a LSB RJ/Sodiê Doces.

A equipe de Cristian Santander dominou o placar durante os 40 minutos. Construiu a vitória no primeiro tempo, com parciais 20-16 e 24-10 (segundo quarto de 55,8% de eficiência boliviana) que já renderam 20 pontos de vantagem antes do intervalo.

O Ituano tentou voltar atrás no segundo tempo, com um grande terceiro quarto (63% aproveitamento geral) de Joice e Luana, que somaram 13 pontos na parcial 21-16 para o time paulista. O galo também venceu o último quarto (16-13) com 9 pontos de Nascimento, mas a reação não foi suficiente para evitar a terceira derrota seguida. Apesar do revés, a MVP ituana ficou bastante feliz com o prêmio individual.

“Receber o troféu de MVP foi incrível! Fiquei bastante emocionada e veio um turbilhão de emoções que não pude controlar. É resultado de muito trabalho duro, todos os dias, e do que treinamos”, disse Monica, que também comentou o resultado final do jogo.

“Achei que no começo entramos bem, mas no momento em que tivemos uma queda, elas abriram a vantagem. Foi o jogo todo buscando, arrumando a defesa, mas infelizmente não foi o suficiente no final. Faltou pra gente a calma no começo do jogo e elas conseguiram abafar o nosso ataque, e na pressão que não esperávamos, e acabamos dando uns pontos para elas”, analisou.

Mais Esportes