Conteúdo por Gazeta Esportiva

Santos analisa quatro opções de terreno para novo CT da base

Santos ainda tem interesse em terreno de São Vicente para CT da base (Reprodução/Google Maps)

O Santos vê como “urgente” a construção de um novo centro de treinamento para as categorias de base, com alojamento para pelo menos 120 atletas, e analisa opções de terreno na Baixada Santista.

O Peixe tem quatro alternativas neste momento, mas a principal delas é um desejo antigo: uma área de 286 mil metros quadrados da Associação dos Funcionários da Cosipa (AFC), no bairro Cidade Náutica, em São Vicente. Em março de 2018, uma proposta de R$ 43 milhões foi recusada. O Alvinegro crê que R$ 50 milhões seriam suficientes para a compra agora, além de outros R$ 50 milhões para as obras.

Outros três espaços estudados estão no Jóquei, também em São Vicente, morro da Nova Cintra, em Santos, e no fim da descida de São Paulo pela Rodovia dos Imigrantes, território pertencente ao Grupo Peralta e com parte destinada à preservação ambiental, próximo à base Polícia Rodoviária.

A diretoria santista está em contato com as prefeituras e o presidente José Carlos Peres tem como objetivo inaugurar o novo CT até o fim de sua gestão, em dezembro de 2020. A base trabalha atualmente no “Meninos da Vila”, no Saboó, de responsabilidade da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

“Na próxima semana vamos para cima. Temos que resolver isso o mais breve possível”, resumiu o presidente, em contato com a Gazeta Esportiva. 

Mais conteúdo sobre

Futebol