Conteúdo por Gazeta Esportiva

Santos pensa em transferir jogo contra o Botafogo para o Pacaembu

Santos pensa em enfrentar o Botafogo no Pacaembu (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Santos pensa em transferir o mando do jogo contra o Botafogo da Vila Belmiro para o Pacaembu. A partida está marcada para o dia 3 de novembro (domingo), às 19h (de Brasília), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta rodada, o Palmeiras enfrenta o Ceará sábado, em casa, e o São Paulo visita a Chapecoense, no mesmo dia. No domingo, o Corinthians tem duelo diante do Flamengo, no Maracanã. Dessa forma, não há limitação de segurança. A Polícia Militar veta dois grandes eventos esportivos em horários semelhantes na capital paulista.

A barreira para atuar no Pacaembu é o aval da comissão técnica e elenco. O presidente José Carlos Peres pretende ter o “ok” de Jorge Sampaoli nos próximos dias. A ideia da diretoria era ter o clássico contra o Palmeiras em São Paulo, mas o treinador pediu pela Vila Belmiro. Antes do Botafogo, o Alvinegro terá Ceará e Bahia na “primeira casa”.

“É um grande prejuízo. Se fosse no Pacaembu, garantiríamos 35 ou até 40 mil pagantes. Na Vila Belmiro é 12 mil (11.408 no clássico) A diferença é grande, mas é um pedido do Sampaoli e respeitamos. Continuamos negociando por jogos no Pacaembu”, disse Peres, à Rádio Bandeirantes, na última quarta-feira. 

A média de público total do Santos em 2019 é de 12.737. Na Vila Belmiro, 10.722. No Pacaembu, 15.558. Até aqui, o Peixe mandou 14 jogos na Baixada Santista e 10 em São Paulo em 2019.

Mais conteúdo sobre

Futebol